quinta-feira, 29 de maio de 2014

DIA NACIONAL DA ENERGIA - O INA FICOU ÀS ESCURAS!

Como forma de assinalar o “Dia Mundial da Energia”, que se comemora hoje, desligamos todas as luzes entre as 9h55 e as 10h00, ao mesmo tempo que, em todas as salas, era lida uma mensagem com sugestões para a poupança de energia...

- Deves aproveitar ao máximo a luz solar para evitar ligar a luz durante o dia.
- Desliga as luzes quando deixas de utilizar os espaços/ divisões onde te encontras.
- Desliga os aparelhos no interruptor em vez de os deixar em stand-by. 
- Desliga o computador, ou qualquer outro equipamento, quando não estiver a ser utilizado.
- Pensa no que vais tirar do frigorífico antes de abrir a porta. Evite abrir e fechar repetidas vezes a porta.
- Usa lâmpadas fluorescentes compactas que dão a mesma luz, mas gastam menos 80% de energia.

 Vamos adoptar comportamentos de consumo mais sustentáveis!



A Equipa Eco-Escola
Maria João Braga e Sandra Rocha

quinta-feira, 15 de maio de 2014

AGRICULTURA BIOLÓGICA: UMA HERANÇA PARA O FUTURO...

A equipa Eco-Escola, em colaboração com a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, promoveu um Workshop dinamizado pela Engenheira Marisa Moreira e subordinado ao tema “Agricultura Biológica”. Este decorreu no dia 14 de maio, nas instalações do INA, e contou com a participação dos educadores docentes e não docentes e dos alunos do 3º ano do curso de Técnico de Análise Laboratorial.
Com mais esta iniciativa, a equipa Eco-escola pretende divulgar a Agricultura Biológica, que visa produzir alimentos de elevada qualidade, nutritivos, saudáveis e ao mesmo tempo promover práticas sustentáveis e de impacto positivo no ecossistema agrícola. Não se recorre à aplicação de pesticidas nem adubos químicos de síntese, nem ao uso de organismos geneticamente modificados. Este tipo de agricultura coloca de novo a ênfase na rotação de culturas, na utilização de fertilizantes naturais tal como o estrume, o que favorece a vida microbiana e impede o aparecimento de determinadas doenças, na compostagem e nas consociações, entre outros, fomentando a melhoria da fertilidade do solo e a biodiversidade.
A longo prazo é a única forma de deixarmos uma herança de orgulho às gerações vindouras!

A equipa Eco-Escola

Maria João Braga e Sandra Rocha